O tempo e sua essencialidade na escola de tempo integral

Palavras-chave: Tempo escolar; Tempo Integral; Organização da Escola; Processo Civilizador.

Resumo

Este estudo, vinculado ao Grupo de Pesquisa “Políticas, Gestão e Financiamento em Educação” – Pogefe, analisa o tempo como construção social e histórica no processo civilizador, seu papel na rotina humana e sua essencialidade para a escola de tempo integral. Para tanto, em uma perspectiva qualitativa de estudos e alicerçados na revisão da literatura, discutimos pressupostos teóricos do tempo em relação aos seus conceitos, suas dimensões na vida social e suas perspectivas para a organização da escola, em um diálogo com a vida e com as temporalidades dos sujeitos que a compõem, tendo em vista a submissão humana às imposições temporais construídas nas sociedades. Os resultados evidenciam o tempo como um importante elemento no processo civilizador e na escola de tempo integral, revelando seu protagonismo para a organização do espaço escolar e sua complexidade, em função dos indivíduos que se movem pela escola, interagindo com o tempo para compor suas histórias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tereza Guimarães, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - Unirio

Professora Supervisora Educacional e também graduada em Letras, com experiência de mais de vinte anos, tendo atuado no Colégio Pinheiro Guimarães, na Fundação Municipal de Educação de Niterói, no Colégio Dom Hélder Câmara, no Colégio Califórnia e na Prefeitura de São Gonçalo. Especializada Psicopedagogia, em Administração e Supervisão Escolar e Revisão de Texto, atuou como Orientadora Pedagógica em escolas da Rede Pública Municipal de Ensino de São Gonçalo. Na Secretaria Municipal de Educação de São Gonçalo, foi auxiliar de Coordenação do Ensino Fundamental nos anos de 2003 e 2004 e Coordenadora do 2º Segmento do Ensino Fundamental de 2005 a 2007. No ano de 2005, organizou e coordenou junto com a Ong Leia Brasil a 1ª Bienal de Leitura de São Gonçalo e participou da elaboração dos Cadernos de Leitura Compartilhada, em 2005 e 2006. Atualmente, atua como Professora Supervisora Educacional na Rede Pública de São Gonçalo. Tem se dedicado ao estudo da Educação em Tempo Integral nas escolas Públicas Municipais de São Gonçalo, atuando como Supervisora das escolas que oferecem o tempo integral. Interessa-se pelas análises sobre gestão democrática e as formas de seleção para a função de gestores escolares. Atualmente, faz Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, sob orientação da Professora Doutora Elisângela da Silva Bernado. Além disso, participa de dois grupos de pesquisa. São eles: Políticas, Gestão e Financiamento em Educação/Unirio e Neephi/Unirio.

Elisangela Bernado, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - Unirio

Pós-doutora (2016) em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutora (2008) e Mestre (2003) em Ciências Humanas/Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Licenciada (2000) em Pedagogia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Atuou como pesquisadora no Laboratório de Avaliação em Educação da PUC-Rio (LAED), no período 2004-2008. Integrou as Comissões Científica e Organizadora do Encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste (ANPEd Sudeste) em 2011. É membro das associações de pesquisa Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd) e Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE). Parecerista ad doc das Revistas Meta: Avaliação, Perspectivas online: humanas e sociais aplicadas, Educação e Cultura Contemporânea, Ensaio e Séries-Estudos. Consultora do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) de 2010-2012. Avaliadora do Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro (2010) e do Prêmio Inovação em Gestão Educacional do INEP (2008). Consultora pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em 2008. Pesquisa políticas, programas e práticas de gestão da educação e de educação em tempo integral, abarcando os seguintes temas: gestão escolar e educacional; gestão democrática; políticas de avaliação da educação básica; desigualdades educacionais; Programa Mais Educação/Programa Novo Mais Educação; Educação Comparada; e, Indicadores Educacionais para análise de políticas educacionais. Atualmente, atua como Professora Adjunta do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) orientando no Mestrado e no Doutorado nas Linhas de Pesquisa "Políticas, História e Cultura em Educação" e "Políticas e Práticas em Educação", respectivamente. Pesquisadora do Núcleo de Estudos ? Tempos, Espaços e Educação Integral (NEEPHI/UNIRIO). Líder do Grupo de Pesquisa Políticas, Gestão e Financiamento em Educação. Jovem Cientista do Nosso Estado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ - (2015-2018) e (2019-2021). Coordenadora do Mestrado em Educação/PPGEDU (2018-2020).

Referências

ARROYO, Miguel Gonzales. O direito a tempos-espaços de um justo e digno viver. In: MOLL, Jaqueline (Org.). Caminhos da Educação Integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Porto Alegre: Penso, 2012.
ARROYO, Miguel Gonzales. Currículo, território em disputa. Petrópolis: Vozes, 2011.
ARROYO, Miguel Gonzales. O direito a tempos-espaços de um justo e digno viver. In: MOLL, Jaqueline. Caminhos da educação integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Penso Editora, 2009.
ARROYO, Miguel Gonzales. O direito ao tempo de escola. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 65 p. 3-10, mai. 1988.
BAUER, Carlos. Reflexões sobre o tempo e a construção da história. São Paulo. Editora Pulsar, 1997.
BERGSON, Henri. Memória e vida: textos escolhidos por Gilles Deleuze; Tradução: Carla Berliner - São Paulo: Martins Fontes, 2006.
BERNADO, Elisangela da Silva. Educação em Tempo Integral: alguns desafios para a gestão escolar. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 1, p. 79-94, jan./mar. 2020.
CAVALIERE, Ana Maria Villela. Tempo de escola e qualidade na educação pública. Educação e Sociedade. Campinas, 2007.
ELIAS, Norbert. Sobre o tempo. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1998.
FERREIRA, Valéria Milena Röhrich; ARCO-VERDE, Yvelise Freitas de Souza Chrónos & Kairós: o tempo nos tempos da escola. Educar em revista, 2001.
FRAGO, Antonio Viñao. Tiempos Escolares, Tiempos Sociales. Barcelona, 1998.
HUSTI, Aniko. Del tiempo escolar uniforme a la planificación móvil del tiempo. Revista de Educación, Madrid: Ministerio de Educación y Cultura, 1992.
LIMA, Elvira Souza. Desenvolvimento e aprendizagem na escola: aspectos culturais, neurológicos e psicológicos. São Paulo: GEDH, 1999.
MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Escritos, representações e pressupostos da escola pública de horário integral. In: MAURÍCIO, Lúcia Velloso (org.). Em Aberto: educação integral em tempo integral. 2009.
PARENTE, Claudia da Mota Daros. A construção dos tempos escolares. Educação em Revista, Belo Horizonte, 2010.
PIMENTEL, Manuel Cândido. De Chronos a Kairós, Editora Ideias e letras 2008.
PONCE, Branca Jurema. O Tempo no Mundo Contemporâneo: o tempo escolar e a justiça curricular. Educação & Realidade, Porto Alegre, 2016.
RIBEIRO, Andressa de Freitas. Taylorismo, fordismo e Toyotismo. Lutas Sociais, São Paulo, 2015.
ROSISTOLATO, Rodrigo Pereira da Rocha. Significados da cultura entre estudantes de direito. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, 2010.
SACRISTÁN, José Gimeno. El valor del tiempo en educación. Madrid: Ed. Morata, 2008.
VIEIRA, Nuno. A Hegemonia do Tempo Escolar. Educação & Realidade, Porto Alegre, 2016.
ZANARDI, Teodoro Adriano Costa. Educação Integral, Tempo Integral e Paulo Freire: os desafios da articulação conhecimento-tempo-território. Revista e-Curriculum, São Paulo, 2016.
Publicado
16-10-2020
Como Citar
Guimarães, T., & Bernado, E. (2020). O tempo e sua essencialidade na escola de tempo integral. Revista Educação Em Questão, 58(58). https://doi.org/10.21680/1981-1802.2020v58n58ID21906
Seção
Artigos