Estudos culturais como proposta de ensino de semântica: ressignificando a prática docente

  • Rodrigo Nunes Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Linduarte Pereira Universidade Estadual da Paraíba - UEPB

Resumo

O trabalho apresenta uma reflexão sobre os estudos culturais nas aulas de Língua Materna tendo como base a Semântica de Contextos e Cenários (SCC). Como pesquisa bibliográfica de natureza qualitativa, traz uma proposta de abordagem didático-pedagógica, levando em consideração o contexto cultural como perspectiva de ensino. Uma vez que os fenômenos culturais e a língua são elementos indissociáveis na constituição de sentidos de palavras e expressões de dada comunidade, o estudo objetiva sugerir possibilidades de ensino com vistas a desenvolver a proficiência leitora e o desenvolvimento de habilidades e conhecimentos essenciais à contemporaneidade. Para tanto, ancora-se em estudos realizados por Candau (2014), Ferrarezi Jr. (2008), Rodrigues (2009) e nos documentos oficiais (BRASIL, 1998; 2002; 2013), entre outras bases teóricas. A pesquisa aprofunda e atualiza conceitos semânticos numa abordagem cultural e contemporânea dos estudos linguísticos, valorizando práticas educativas regionais que a educação básica poderá utilizar como forma de letramento escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Nunes, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB

Mestre em Linguagens, Cultura e Formação docente pelo Programa de Formação de Professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Campina Grande, PB.

Linduarte Pereira, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB

Professor do Departamento de Letras e Artes e do Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Doutor em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba, (UFPB). Campina Grande, PB – Brasil.

Publicado
09-06-2020
Como Citar
NUNES, R.; PEREIRA, L. Estudos culturais como proposta de ensino de semântica: ressignificando a prática docente. Revista do GELNE, v. 22, n. 2, p. 63-77, 9 jun. 2020.
Seção
Artigos