Liame vivo: quadros da memória coletiva, genealógica e familiar em espaço terrestre, de Gilvan Lemos

  • Anderson Felix Santos Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

O estudo tem como objetivo analisar as memórias genealógica e familiar como elementos estruturantes do enredo no romance Espaço Terrestre (1993), de Gilvan Lemos e sua importância para solidificação do grupo familiar. Para tanto, baseou-se na teoria dos quadros sociais da memória, que indica um conjunto de aspectos mnemônicos coletivos que caracterizam e perpetuam as memórias de um grupo. Os conceitos debatidos pelos teóricos Maurice Halbwachs (2003; 2004), Ecléa Bosi (1994), Myriam Lins de Barros (1987), entre outros, constituíram o arcabouço teórico para compreender o tema explorado. Foi possível verificar que as memórias coletiva, genealógica e familiar são elementos basilares na construção do enredo e na conservação da unidade do grupo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
09-06-2020
Como Citar
SANTOS, A. F. Liame vivo: quadros da memória coletiva, genealógica e familiar em espaço terrestre, de Gilvan Lemos. Revista do GELNE, v. 22, n. 2, p. 52-62, 9 jun. 2020.
Seção
Artigos