Indexação em repositórios digitais: uma abordagem sobre o metadado assunto da Biblioteca Digital de Monografias da UFRN

  • Raimunda Fernanda dos Santos

Resumo


Estuda aspectos relativos à representação temática da informação no contexto dos Repositórios Digitais. Objetiva analisar a representação da informação em tais ambientes. Especificamente, visa analisar as implicações da indexação por extração no processo de representação do conteúdo dos documentos na Biblioteca Digital de Monografias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (BDM/UFRN); analisar os descritores utilizados na indexação das monografias do curso de Biblioteconomia no metadado assunto da BDM/UFRN. Utiliza como metodologia a pesquisa bibliográfica pautada em revisão de literatura sobre indexação e representação da informação em repositórios digitais e pesquisa exploratória com abordagem qualitativa mediante a análise da indexação realizada no metadado assunto da BDM/UFRN. Destaca que os termos atribuídos em linguagem natural, ainda que elencados por autores da área de biblioteconomia viabiliza implicações negativas no processo de representação dos documentos em Repositórios Digitais. Identifica a presença de algumas implicações mediante a análise qualitativa do metadado “assunto” do Repositório Digital, dentre elas: emprego de termos com polissemia, ocorrência de erros ortográficos, presença de descritores abrangentes e com multiplicidade de sentidos, abreviações nos termos, uso de siglas e entre outras. Conclui enfatizando a importância dos gestores do Repositório Digital em questão elaborarem uma política de indexação que vise o aperfeiçoamento das práticas já utilizadas nesse ambiente incluindo o auxílio de linguagens documentárias e vocabulários controlados que possam elevar o nível da qualidade de descrição desses documentos visando a precisão no processo de busca e recuperação da informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

  • AMSTEL, Van Frederick. Folksonomia: vocabulário descontrolado na arquitetura da informação ou samba do criolo doido. 2007. Disponível em: <http://www.guilhermo.

  • com/ai_biblioteca/referencia.asp?referencia=317> . Acesso em: 20 maio 2015.

  • BARITÉ, M. Formación de recursos humanos en el área de información em el Mercosur: compatibilización curricular y competências del profesional de la información en el Mercosur.Santiago, Chile: Universidad Tecnológica Metropolitana, 1999, p.121-128.

  • BOCCATO, V. R. C. O Contexto sociocognitivo do indexador no processo de representação temática da informação. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v.17, n. esp., 2012.


  • BRANDT, Mariana Baptista ; MEDEIROS, Marisa Brascher Basílio. Folksonomia: esquema de representação do conhecimento? TransInformação, Campinas, v.22, n.2, p.111-121, maio/ago., 2010. Disponível em: < http://periodicos.puc-campinas.

  • edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/489>. Acesso em: 13 out. 2013.

  • BRASCHER, M. A ambiguidade na recuperação da informação. DataGramaZero - Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v.3, n.1, fev. 2002.

  • CAFÉ, L.; SALES, R. de. Tesauros e ontologias sob o olhar da teoria comunicativa da terminologia. In: CONGRESS ISKO-SPAIN, 9., 2009, Valência. Anais... Valência, 2009.

  • CATARINO, M.; BAPTISTA, A. Folksonomias: características das etiquetas na descrição de recursos da web. Inf. Inf., Londrina, v.14, n. esp., p.46-67, 2009.

  • DIAS, E. W. Contexto digital e tratamento da informação. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 2, n. 5, out. 2001. Disponível em: < http://www.dgz.org.br/out01/Art_01.htm>. Acesso em: 25 set. 2014.

  • DIAS, E. W.; NAVES, M. M. L. Análise de assunto: teoria e prática. Brasília: Thesaurus, 2007.

  • FUJITA, M. S. L. A identificação de conceitos no processo de análise de assunto para indexação. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, Campinas, v. 1, n. 1, p. 60-90, jul./dez. 2003. Disponível em: <http://server01.bc.unicamp.br/revbib/artigos/art_5.pdf >.Acesso em: 26 jun. 2016.

  • GOUVÊA, C.; LOH, S. Folksonomias: identificações de padrões na seleção de tags para descrever conteúdos. Revista Eletrônica de Sistemas de Informação, [S.l.], v. 11, n.2, 2007.

  • GUIMARÃES, J. A. C. Abordagens teóricas de Tratamento Temática da Informação (TTI): catalogação de assunto, indexação e análise documental. Ibersid, 2009, p.105-117.

  • LANCASTER, F. W. Indexação e resumos: teoria e prática. 2.ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

  • ROSETTO, M. Metadados e recuperação da informação: padrões para bibliotecas digitais. In: CIBERNÉTICA: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, INFORMAÇÃO E ÉTICA, 2.,Florianópolis. Anais... Florianópolis: [s.n.], 2003.

  • SANTOS, H. P. Etiquetagem e Folksonomia: o usuário e sua motivação para organizar e compartilhar informação na web 2.0. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.1, n.2, p.91-104, abr./jun. 2013.

  • SANTOS, Raimunda Fernanda dos. Modelos colaborativos de indexação social e a sua aplicabilidade na Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI). 184f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2016.

Publicado
11-06-2017
Como Citar
SANTOS, R. F. DOS. Indexação em repositórios digitais: uma abordagem sobre o metadado assunto da Biblioteca Digital de Monografias da UFRN. Revista Informação na Sociedade Contemporânea, v. 1, p. 1-22, 11 jun. 2017.