Os desafios da empregabilidade dos haitianos na hotelaria de Florianópolis

Autores

  • Hurildes Agostinho Instituto Federal de Santa Catarina
  • Tiago Savi Mondo

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2018v6n2ID13320

Resumo

A inserção profissional no mercado de trabalho é sempre uma honra para qualquer trabalhador, nesse sentido, este trabalho teve como objetivo analisar em que condições de empregabilidade os imigrantes haitianos estão em relação à hotelaria de Florianópolis. Esta pesquisa caracteriza-se por ser exploratória, descritiva, quantitativa, do tipo pesquisa de campo. Para a coleta de dados foi utilizado questionário fechado com sete gestores de hotéis de Florianópolis, além disso, analisaram-se 60 currículos de imigrantes haitianos. Sendo que ao final, obtiveram-se os seguintes resultados: os haitianos que estão nos hotéis deixam uma impressão diversificada para alguns gestores e, quase a totalidade é positiva, tanto para o desempenho, vontade de aprender coisas novas, vontade de se firmar no emprego, tirando assim, o turnover da hotelaria e suas habilidades linguísticas, as quais são de grande valia. Já, por outro lado, a pesquisa apontou que somente um gestor fez menção à falta de higiene pessoal desses imigrantes, bem como, em situações nas quais precisava ser chamada a atenção, não aceitavam de bom grado, fazendo com que todos do grupo, também, sentirem-se repreendidos, e isso fez com que dificultasse possíveis contratações. Mas, de forma geral, os resultados foram positivos, colocando essa força de trabalho em evidência no cenário do mercado hoteleiro.

     

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hurildes Agostinho, Instituto Federal de Santa Catarina

  

Tiago Savi Mondo

   

Downloads

Publicado

27-12-2018

Como Citar

AGOSTINHO, H.; MONDO, T. S. Os desafios da empregabilidade dos haitianos na hotelaria de Florianópolis. Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 189–210, 2018. DOI: 10.21680/2357-8211.2018v6n2ID13320. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/13320. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos