Políticas Públicas e Megaeventos: Uma abordagem a partir do PNT 2013/2016 na cidade de Natal/RN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2019v7n1ID8718

Resumo

Este artigo tem como objetivo geral analisar as ações do Plano Nacional de Turismo (PNT) 2013/2016 voltadas para a Copa do Mundo na cidade de Natal/RN, norteado pelos seguintes objetivos específicos: a) Identificar as políticas públicas adotadas no Brasil que norteiam o planejamento e execução dos megaeventos (Copa do Mundo) que ocorreu no país em 2014; b) Discutir o desenvolvimento do turismo a partir de estudos de caso de países sedes no mundo e c) Verificar as ações pontuais da Secretaria Municipal de Turismo de Natal que foramvoltadas para a Copa do Mundo. A metodologia utilizada neste estudo foi a pesquisa bibliográfica em livros, artigos científicos, e análise documental nos dados referentes à Copa do Mundo e PNT 2013/2016 disponíveis no site do Ministério do Turismo (MTur), bem como realização de entrevista. Dentre os resultados deste estudo destaca-se que os megaeventos podem trazer relevantes contribuições para as cidades onde são realizados, mas que é necessário atentar-se para a infraestrutura primordial para sua efetivação, deste modo, percebeu-se que algumas das obras de mobilidade para a Copa do Mundo de 2014 não foram concretizadas a tempo de realização do evento em Natal/RN, bem como a falta de aplicabilidade do PNT 2013/2016 e suas consequências na atividade turística. 

Palavras-chave: Políticas Públicas. Megaeventos. PNT 2013/2016. Turismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Ferreira Ramalho Leite, UFRN

Bacharel e Mestranda em Turismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Ednaja Faustino Silva Moura, UFRN

Bacharel em Turismo. Mestranda em Turismo pela UFRN

Wilker Ricardo de Mendonça Nóbrega, UFRN

Bacharel em Turismo. Professor do Departamento de Turismo e coordenador da Pós-Graduação em Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte 

Referências

Barclay, J.(2009). Predicting the costs and benefits of mega-sporting events: misjudgement of olympic proportions? Economic Affairs, 29 ( 2), 62-66.

Barreto, M. (2003). Manual de iniciação ao estudo do Turismo. 13ª Ed. Campinas: Papirus.

Becker, D.; Wittmann, L. (2008). Desenvolvimento Regional: abordagens interdisciplinares. Santa Cruz do Sul: EDUNISC.

Beni, M. C. (2003). Análise Estrutural do Turismo. São Paulo: SENAC.

Boaria, F. (2013). A Copa do Mundo 2014: oportunidades e prospecção geradas para a cadeia produtiva do turismo de Cuiabá – MT. Revista de Turismo Contemporâneo – RTC, Natal, 1, (1), 59-77

Brandão, C. (2008). Pactos em territórios: escalas de abordagem e ações pelo desenvolvimento. Organizações & Sociedade 15 ( 45), art. 9, 145-157.

Brasil (2013). Ministério do Turismo. Plano Nacional do Turismo: 2013/2016. Brasília, 2013. Disponível em: < http://www.turismo.gov.br/regionalizacao/ > Acesso em: 13 abr. 2014.

Brenke, K.; Wagner, G. G (2006). The Soccer World Cup in Germany: A Major Sporting and Cultural Event – But Without Notable Business Cycle Effects. DIW Berlin Weekly Report. 2 (3), 23-31.

Copa do Mundo (2014): algumas considerações sobre a realização do evento no Brasil. Disponível em: http://www.sebrae2014.com.br/Sebrae/Sebrae%202014/nota_tec_dieese.pdf Acessado em 20/04/2014. Acesso em: 20 abr.

Copa do Mundo (2014). Disponível em: < http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/12/19/copa-do-mundo-e-olimpiadas-nao-melhoram-economia-dos-paises-dizem-estudos.htm > Acesso em: 21 abr.

Cruz, R. C. A. (2001). Política de turismo e território. São Paulo: Contexto.

FIFA (2010). Estádios de futebol: recomendações técnicas e requisitos. Disponível em: < http://pt.fifa.com/worldcup/organisation/documents/index.html < Acesso em: 15 abr. 2014.

Gastal, S.; Moesch, M. M. (2007). Turismo, políticas públicas e cidadania. São Paulo: Aleph.

Goeldner, C. R. (2002). Turismo: Princípios, Práticas e Filosofias. Porto Alegre: Bookman.

Informações gerais sobre Natal/RN. Disponível em: < http://turismo.natal.rn.gov.br/simb.php > Acesso em: 03 maio 2014.

Lakatos, E.M., Marconi, M. A. (2002). Técnicas de Pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. São Paulo: Atlas.

Milito, M. C. (2013). Fatores que influenciam o apoio dos residentes á megaeventos: uma análise sobre o projeto FIFA WORLD CUP 2014 em Natal/RN. Dissertação (Mestrado em Turismo), Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

Molina, S., Rodríguez, S. (2001). Planejamento Integral. São Paulo: EDUSC.

Portal da copa 2014 – Grandes Números – Disponível em < http://www.copa2014.gov.br/pt-br/brasilecopa/sobreacopa/numeros> Acesso em 21/04/2014

Serviço brasileiro de apoio a micro e pequenas empresas (sebrae, 2014). Disponível em: < http://www.sebraesp.com.br/index.php/232-produtos-online/empreendedorismo/perguntas-frequentes/9679-o-que-e-plano-de-negocios > Acesso em: 26 abr.

Sen,A. K. (2000). Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras.

Solha, K. T. (2006). Política de turismo: desenvolvimento e implementação. In: Ruschmann, D. V. M., Solha, K. T. (Organizadoras). Planejamento turístico. Barueri, SP: Manole.

Downloads

Publicado

28-06-2019

Como Citar

LEITE, A. F. R.; MOURA, E. F. S.; NÓBREGA, W. R. de M. Políticas Públicas e Megaeventos: Uma abordagem a partir do PNT 2013/2016 na cidade de Natal/RN. Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 71–92, 2019. DOI: 10.21680/2357-8211.2019v7n1ID8718. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/8718. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)