NOTÍCIAS DO “PASSAPORTE DA VACINA” E O EMPREGO DAS ANÁFORAS DIRETAS NOS TEXTOS MIDIÁTICOS

Autores

Palavras-chave:

Palavras-chave: Notícias. “Passaporte da Vacina”. Anáforas Diretas. Textos Midiáticos.

Resumo

A contribuição dos gêneros textuais é notória em nossa vida desde a infância. Dentre os diversos existentes, destacamos o jornalístico, o qual está presente em nosso cotidiano através de notícias em diferentes suportes. Com o cenário de pandemia, desde o ano de 2020, o vírus SARS-CoV-2, responsável pela COVID-19, foi tema recorrente nas manchetes. Consequentemente, com o avanço da doença, surgiu a necessidade da imunização e, posteriormente, a obrigatoriedade do “Passaporte da Vacina” expandiu-se. Esta pesquisa é voltada para a análise e reflexão das publicações de notícias sobre o “Passaporte da Vacina” e o emprego das “anáforas diretas” nos textos midiáticos. Logo, foram selecionadas duas notícias: uma do site CNN e outra do EL PAÍS. O método descritivo e quantitativo buscou observar e refletir se as notícias tencionam influenciar os leitores na tomada de decisão para realizar o esquema vacinal (imunização de pelo menos duas doses da vacina), e apresentar o “Passaporte da Vacina” quando for solicitado. As análises nos permitiram observar os textos e o processo coesivo nas relações linguísticas através de pronomes, advérbios, emprego de conectivos, sinônimos, expressões nominais, dentre outros recursos indispensáveis na compreensão do gênero.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aleide Josse Rodrigues Ataide Costa, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN

Graduada em LETRAS pela Universidade Ceuma (2007).Especialista em Inovações Metodológicas do Ensino de Línguas/Mestrado Acadêmico em Ciências da Linguagem em andamento pela UERN (2021); Atualmente é professora - na SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO -servidora efetiva da rede municipal de Buriti-MA com a disciplina Língua Portuguesa nos anos finais do Ensino Fundamental; é professora temporária do Instituto de Ensino Superior Múltiplo,-IESM,desde 2017.

Antonia Oziana Batista de Medeiros, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN

Possui graduação em Licenciatura em Letras Inglês pela Universidade Federal Rural do Semi Árido. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Inglesa.

Verônica Palmira Salme de Aragão, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN

Doutora em Língua Portuguesa (Letras Vernáculas) pela UFRJ, com tese intitulada "A construção do ethos da presidente Dilma Rousseff em charges jornalísticas" (2013). Mestra em Língua portuguesa pela UFF, com dissertação intitulada "O não-dito construído pelo viés do humor nas charges" (2006). Graduada em Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, pela UFRJ (2004). Especialista em "Estudo de texto: leitura, produção textual e ensino de português", pela mesma Universidade. Professora adjunta IV, em Língua Portuguesa, do Departamento de Letras Vernáculas, da UERN, desde 2008. Coordena a pesquisa intitulada "Discurso, gênero e política à luz da Teoria Semiolinguística do discurso", Pibic/Cnpq/UERN. Ministra a disciplina obrigatória "Texto e ensino", no Mestrado Profissional em Letras - PROFLETRAS (desde 2018). Atualmente, inclui o Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem/PPCL/UERN/Mossoró. Integra o Grupo de Pesquisa em Estudos Linguísticos e Literários (GPELL/UERN). Tem experiência na área de Letras, com ênfase na Análise Semiolinguística do Discurso, atuando principalmente com os seguintes temas: ensino de língua portuguesa, discurso político, discurso midiático, humor, ethos, charges, gênero e relações étnico-raciais.

Downloads

Publicado

14-06-2022

Como Citar

RODRIGUES ATAIDE COSTA, A. J. .; BATISTA DE MEDEIROS, A. O. .; SALME DE ARAGÃO, V. P. NOTÍCIAS DO “PASSAPORTE DA VACINA” E O EMPREGO DAS ANÁFORAS DIRETAS NOS TEXTOS MIDIÁTICOS. Revista Saridh – Linguagem e Discurso, [S. l.], v. 4, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/RevSaridh/article/view/28630. Acesso em: 26 nov. 2022.