“Cobra de Vidro”: páginas da história do movimento estudantil em São Paulo (1975-1978)

Palavras-chave: Ditadura empresarial-militar, Movimento estudantil, Cultura Estudantil, Anistia

Resumo


"Cobra de Vidro" foi um jornal produzido, escrito e distribuído por um grupo de estudantes de faculdades particulares, que circulou na cidade de São Paulo entre os anos de 1975 e 1978, durante parte da ditadura empresarial-militar. Marcado pela reorganização do movimento estudantil e pelas lutas pela anistia e redemocratização, “Cobra” também foi uma das frentes militantes dos jovens que fizeram parte do Partido Comunista do Brasil. O objetivo do artigo é apresentar ao jornal e analisar as reportagens sobre as medidas de distensão, mais especificamente sobre a anistia, anunciadas pelo então presidente Ernesto Geisel um ano antes da criação do jornal. Utiliza como fonte oito números do jornal e quatro entrevistas com editores do periódico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ingrid Pedote, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4719-8416

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil, pedote.ingrid@gmail.com

Paula Leonardi, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4046-9703

ProPEd, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil, leonardi.paula@gmail.com

Referências

  • Fontes

  • Chianca, Rosaly; Chianca, Alfredo. Entrevista concedida a autora em 23/03/2018 via Skype. Rio de Janeiro, 2018.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, nov.1975.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, 1976a.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, ago.1976b.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, nov.1976c.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, 1977a.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, set. 1977b.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, mar.1978a.

  • COBRA DE VIDRO. São Paulo, jun.1978b.

  • DOPS. Estudo sobre o Cobra de Vidro. São Paulo, 1976.

  • Fuser, Igor. Entrevista concedida a autora em 04/07/2017. Prédio da Reserva Cultural de São Paulo.

  • Lopes, Mauro. Entrevista concedida a autora em 20/03/2018 via Skype. Rio de Janeiro, 2018.

  • Referências

  • Alberti, Verena. (1980). História oral: a experiência do CPDOC. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas.

  • Aquino, M. A. de. (1999). Censura, Imprensa e Estado Autoritário - 1968-1978: O exercício cotidiano da dominação e da resistência. O Estado de S. Paulo e Movimento. Bauru: EDUSC, 1999.

  • Brito, Alexandra Barahona (org). (2002). Verdad, Justicia, memoria y democratización en el cono sur. In.: Las políticas hacia el pasado: juicios, depuraciones, perdón u olvido en las nuevas democracias. Madrid: Ediciones Istmo,

  • Caparelli, S. (1980). Comunicação de massa sem massa. São Paulo: Cortez.

  • Dreifuss, René Armand. (1981). 1964: A conquista do Estado. Petrópolis: Vozes.

  • Fuser, Igor. (2013). Depoimento durante audiência pública da Comissão da Verdade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva”. Auditório Teotônio Vilela, depoimento concedido a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo em 01 de outubro de 2013.

  • Freire, P. (1989). A Importância do Ato de Ler em três artigos que se completam. 23. ed. São Paulo: Cortez.

  • Kucinski, B. (1991). Jornalistas e revolucionários nos tempos da imprensa alternativa. São Paulo: Scritta Editorial.

  • Lacerda, G. E. de. (2015). O movimento estudantil e a transição democrática brasileira: memórias de uma geração esquecida. 2015. 216f. Tese (Doutorado em História Social). Programa de Pós-Graduação em História Social, Instituto de História, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2015.

  • Lemos, R. (2019). Ditadura, anistia e transição política no Brasil – 1964-1979. Consequencia Editora: Rio de Janeiro.

  • Martins Filho, João Roberto. O movimento estudantil dos anos 1960. In.: Ferreira, Jorge; Reis, Daniel Aarão (Orgs.). Revolução e democracia (1964...). p. 183 – 198. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007. Coleção As esquerdas no Brasil; v.3.

  • Moreira Alves, M. H. (1989). Estado e Oposição no Brasil (1964-1984). Tradução de Clóvis Marques. 5. ed. Petrópolis, Vozes.

Publicado
28-12-2020
Como Citar
Pedote, I., & Leonardi, P. (2020). “Cobra de Vidro”: páginas da história do movimento estudantil em São Paulo (1975-1978). History of Education in Latin America - HistELA, 3, e23702. https://doi.org/10.21680/2596-0113.2020v3n0ID23702
Edição
Seção
Artigos