DIGITAL LITERACIES AS SOCIAL PRACTICES IN COLLABORATIVE LEARNING

TELETANDEM AND MEANING-MAKING

Autores

  • Fábio Marques Souza Universidade Estadual da Paraíba https://orcid.org/0000-0003-4538-3204
  • Rivaldo Ferreira da Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Élida Ferreira Lins Secretaria Municipal de Educação de Bom Jardim
  • Helenildo Arruda de Macedo Junior Macedo Junior Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.21680/1984-3879.2024v24n1ID35536

Palavras-chave:

Digital literacies (DLs);, Teletandem;, Meaning-making.

Resumo

Digital literacies (DLs) encompass sets of literacy practices that are continuously supported, interwoven and adapted through the use of digital devices for specific purposes. It occurs in sociocultural contexts with geographical and temporal limitations, as well as in those shaped by electronically mediated interactions. In view of this, this article aims, from a critical perspective, to discuss the influences of Digital Literacy and the use of Audiovisual Resources on the mediation and practice of Teletandem. Therefore, this study is a qualitative research with bibliographic procedures. To support our arguments, we base ourselves on: Almeida Filho (1993), Benedetti (2010), Souza (2015), Rammé (2014), Rojo (2010), Cope, Kalantzis e Pinheiro (2020), Silva (2022), Arroio and Giordan (2006), Lemke (2010), Buzato (2006, 2009), Kenski (2007), among others. As a result, it was found that audiovisual resources enable the full development of the interactants' LDs and the construction of meanings.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA FILHO, J. C. P. Dimensões comunicativas no ensino de línguas. Campinas: Pontes, 1993.

AZEVEDO, I. C. M.; GASQUE, K. C. G. D. Contribuições do letramento digital e informacional na emancipação humana. Available in: http://maristaonline.org.br/literacia/wp-content/uploads/2012/06/Contribuicoes-do-letramento-digital-e-informacional_Isabel-Azevedo-e-Kelley-Gasque.pdf. Acesso em: 15 abr. 2013.

BENEDETTI, A. M. Dos princípios de tandem ao teletandem. In: BENEDETTI, A. M.; CONSOLO, D.A.; VIEIRA-ABRAHÃO, M.H. (Org.). Pesquisas em Ensino e Aprendizagem no Teletandem Brasil: línguas estrangeiras para todos. Campinas: Pontes, 2010. V.1, p.21-46.

BYRAM, M. Teaching and Assessing Intercultural Communicative Competence. Clevedon: Multilingual Matters, 1997.

COUTINHO, L. M. Audiovisuais: arte, técnica e linguagem. Brasília: Universidade de Brasília, 2006.

COPE, B; KALANTZIS, M; PINHEIRO, P. Letramentos. Campinas - SP: Editora da Unicamp, 2020.

BUZATO, M. K. Letramento e inclusão: do estado-nação à era das TIC. DELTA, São Paulo, v.25, n.1, p.1-38, 2009.

BUZATO, M. E. K. Letramento e inclusão na Era da Linguagem Digital. IEL/UNICAMP, Mimeo, 2006.

DEMO, P. Olhar do educador e novas tecnologias. B. Téc. Senac: a R. Educ. Prof., Rio de Janeiro, v.37, n.2, p.15-26, mai./ago. 2011.

GARCIA-DE-STEFANI, V. C. Formação continuada de professores de línguas estrangeiras mediada pelo cinema: contribuições da teoria da atividade. 2015. 284f. Tese (Doutorado em Linguística) - UFSCar, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. 2. ed. Campinas: Papirus, 2007.

KRASHEN, S. D. Principles and practice in second language acquisition. N.Y.: Pergamon Press, 1982.

KOLLAS, F.; BOFF, E. T. O. Compreensões sobre a produção e uso de material didático audiovisual na formação docente. In: XIX JORNADA DE PESQUISA, n.19, 2014, Unijuí. Salão do conhecimento. Unijuí, 2014. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/salaoconhecimento/article/viewFile/3711/3098. Acesso em: 20 dez. 2015.

LEMKE, J. L. Letramento metamidiático: transformando significados e mídias. Trad. Clara Dornelles (UNIPAMPA/RS). Trab. Ling. Aplic., Campinas, v.49, n.2, p.455-479, jul./dez. 2010.

LÉVY, P. Cibercultura. Trad. Carlos Irineu da Costa. São Paulo: 34, 1999. Coleção TRANS.

LINS, É. F. Letramento digital como prática social em uma escola de referência do agreste pernambucano: limitações e possibilidades. 2015. 116f. Dissertação (Mestrado em Educação). 2015.

MARZARI, G. Q; LEFFA, V. J. O letramento digital no processo de formação de professores de línguas. Tear: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Canoas, v.2, n.2, p.1-18, 2013.

RAMMÉ, V. Tandem: guia para uma aprendizagem solidária. Curitiba: 2014. Disponível em: http://www.teletandembrasil.org/home.asp. Access in: 14 fev. 2015.

ROJO, R. H. R. Letramentos escolares: coletâneas de textos nos livros didáticos de língua portuguesa. Perspectiva, Florianópolis, v.28, n.2, p.433-465, jul./dez. 2010.

SAITO, F. S.; SOUZA, P. N. (Multi)letramento(s) digital(is): por uma revisão de literatura crítica. Linguagens e Diálogos, v.2, n.1, p.109-143, 2011.

SALOMÃO, A. C. B. A cultura e o ensino de língua estrangeira: perspectivas para a formação continuada no projeto Teletandem Brasil. Dissertation theses (Doctoral studies in Linguistics Studies). São José do Rio Preto: UNESP, 2012.

SILVA, R. F. Ensino crítico do gênero multimodal meme nas aulas de língua inglesa: uma perspectiva dos letramentos múltiplos. 2022. 78 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras Inglês). Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2022.

SOUZA, F. M. O cinema como mediador na (re)construção de crenças de professores de espanhol-língua estrangeira em formação inicial. 2014. 284f. Thesis Dissertation (Doctoral studies in Education : culture, organization and education) - USP, Faculty of Education of São Paulo University, São Paulo, 2014.

______ A sétima arte como artefato semiótico mediador das reflexões a respeito de como se aprende uma língua adicional. Revista Hispanista (Edited in Portuguese), Rio de Janeiro, v.16, n.63, p.1-12, 2015a.

______ Teletandem UEPB. Projeto de Extensão. Campina Grande: PROEX/UEPB, 2015b.

TELLES, J. A.; MAROTI, F. A. Teletandem: Crenças e respostas dos alunos. In: PINHO, S.Z.; SAGLIETTI, J.R.O.C. Núcleos de ensino da UNESP: Artigos dos projetos realizados em 2006. São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 2008. p.1098-1124.

XAVIER, A. C. Letramento digital e ensino. In: SANTOS, C. F.; MENDONÇA, M. (Org.) Alfabetização e letramento: conceitos e relações. 1. Ed. 1a. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2007. p.133-148.

Downloads

Publicado

01-04-2024

Como Citar

SOUZA, F. M.; FERREIRA DA SILVA, R.; LINS, Élida F. .; MACEDO JUNIOR, H. A. de M. J. DIGITAL LITERACIES AS SOCIAL PRACTICES IN COLLABORATIVE LEARNING: TELETANDEM AND MEANING-MAKING. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], v. 24, n. 1, p. ET02, 2024. DOI: 10.21680/1984-3879.2024v24n1ID35536. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/35536. Acesso em: 14 jun. 2024.