Usabilidade da biblioteca digital Dominio Público

Palavras-chave: Usabilidade. Critérios de usabilidade. Biblioteca Digital Domínio Público. Acesso à informação.

Resumo


Este estudo versa sobre a usabilidade no website da Biblioteca Digital Domínio Público. A temática reflete acerca da relevância do acesso e uso das informações apresentadas nesse ambiente através da aplicação de critérios de análise da usabilidade dessas informações. Visa identificar possíveis fragilidades e sugerir melhorias com o propósito de favorecer a disponibilização do acervo informacional do Domínio Público, que é de suma importância para a história da civilização e contribui para o incentivo à leitura e o aprendizado, possibilitando acesso democrático à informação. Isto posto, objetiva-se analisar a Biblioteca Digital Domínio Público frente aos processos e critérios de usabilidade. Como metodologia, aplicou-se critérios de usabilidade, tais como Lista de verificação e Guia de recomendação, para subsidiar a utilização de métodos heurísticos de avaliação baseados em graus de severidade dos problemas encontrados. Os resultados apontam que o website apresenta aspectos positivos e negativos quanto à ergonomia e usabilidade do espaço. Foram identificados 16 problemas de usabilidade: 4 (quatro) de alta prioridade, 6 (seis) de média prioridade e outros 6 (seis) de baixa prioridade de correção. Infere-se ser necessário que o website corrija as falhas encontradas e busque aprimorar cada vez mais seus produtos e serviços, de modo a permitir o acesso plural e flexível à comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ilaydiany Cristina Oliveira da Silva, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Ciência da Informação pelo IBICT/UFRJ (2018). Mestra em Engenharia de Produção pela UFRN (2011). Bacharel em Biblioteconomia pela UFRN (2008). Docente na Universidade Federal de Goiás nas áreas de Tecnologia da Informação e Estudos Métricos de Informação.

Referências

  • BELL, Daniel. O advento da sociedade pós-industrial: uma tentativa de previsão social. São Paulo: Cultrix, 1977.

  • CASTELLS, Manuel. A era da informação: economia, sociedade e cultura. 6. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

  • CYBIS, Walter. Ergonomia e usabilidade: conhecimentos, métodos e aplicações. São Paulo: Novatec, 2010.

  • DIAS, Cláudia. Usabilidade na web: criando portais mais acessíveis. 2. ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2006.

  • DOMÍNIO PÚBLICO. Disponível em: www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 7 jul. 2020.

  • GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

  • KRUG, Steve. Não me faça pensar: uma abordagem de bom senso à usabilidade na web. 2. ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2008.

  • NASCIMENTO, José Antonio Machado do; AMARAL, Sueli Angélica. Avaliação de usabilidade na internet. Brasília: Thesaurus, 2010.

  • NIELSEN, Jakob; LORANGER, Hoa. Usabilidade na Web: projetando sites com qualidade. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

  • SILVA, Edna Lúcia da; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001.

  • TAKAHASHI, Tadao (org.). Sociedade da informação no Brasil: livro verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.

Publicado
20-02-2021
Como Citar
LOPES, D. A.; SILVA, I. C. O. DA. Usabilidade da biblioteca digital Dominio Público. Revista Informação na Sociedade Contemporânea, v. 5, p. e22367, 20 fev. 2021.
Seção
Artigos