IMAGINAÇÃO SOCIOLÓGICA E VELHICE: DESCONSTRUINDO OS CLICHÊS NA SALA DE AULA

  • Carlos Eugênio de Lemos UFF
Palavras-chave: Gerações. Velhice. Imaginação sociológica. Currículo.

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa, realizada entre os anos de 2011 e 2014, decorrente de um curso sobre “O envelhecimento humano no Currículo da Educação Básica”, destinado a quarenta alunas concluintes do normal médio, oriundas de escola pública, numa cidade de porte médio. O projeto teve como objetivos: (a) conhecer as concepções de velhice dos futuros professores; (b) avaliar os desafios da mediação pedagógica para abordar o tema da velhice em sala de aula. Foram utilizados questionários semiabertos, entrevistas informais, bem como proposta a elaboração de um plano de aula referente ao tema. Ao final, depois da análise teórica e empírica, pôde-se perceber a resistência de alguns estereótipos, que insistem em apresentar a velhice como uma experiência homogênea, privada e de perda do status social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eugênio de Lemos, UFF

Professor na UFF/Campos e membro do Laboratório de Pesquisa em Ensino de Ciências Sociais (LAPECS/UFF).

Publicado
17-11-2016
Como Citar
LEMOS, C. E. DE. IMAGINAÇÃO SOCIOLÓGICA E VELHICE: DESCONSTRUINDO OS CLICHÊS NA SALA DE AULA. Revista Inter-Legere, v. 1, n. 18, p. 11-31, 17 nov. 2016.
Seção
DOSSIÊ ENSINO DE CIÊNCIAS SOCIAIS