O MITO DA "IDEOLOGIA DE GÊNERO" NAS ESCOLAS: UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA TENTATIVA CONSERVADORA DE SILENCIAR O PENSAMENTO CRÍTICO

  • Rayane Dayse da Silva Oliveira
  • Erika Oliveira Maia Batalha
Palavras-chave: Ensino Médio, Ideologia, Gênero, Sociologia

Resumo

Este trabalho tem como objetivo discutir sobre a dita “ideologia de gênero”, revelando o equívoco conceitual deste termo adotado pela classe conservadora, a fim de desqualificar a proposição do Plano Nacional de Educação de 2014, que sugere debates sobre desigualdades de gênero nas escolas. Nesse sentido, propomos uma desconstrução crítica do discurso político reacionário, mostrando que o conservadorismo, ao apoiar o afastamento desse debate, a partir da tentativa de deturpação da proposta do PNE, compreende por “ideologia de gênero” uma “doutrinação”, fazendo uso do termo supracitado para acusar o pensamento crítico de agir de forma ideológica. Para efeito deste trabalho, utilizamos o conceito de ideologia, de Louis Althusser, que a compreende como uma representação da relação imaginária dos indivíduos com a sua condição de existência. O caráter imaginário fundamenta uma espécie de deformação que se pode observar em toda a ideologia, ou seja, a ideologia pode ser compreendida como um desconhecimento da realidade social e do que sustenta essa realidade. Portanto, compreendemos que a rejeição da discussão de gênero nas escolas, por parte de diversos representantes das câmaras municipais e das assembleias legislativas, sinaliza o apagamento de uma realidade existente de diversidade de gênero e sexualidade, onde a ausência de discussões causa danos irreversíveis como a prática do bullying. Essa ausência muito tem de ideológica, pois propõe a manutenção de uma ordem única e exalta a realidade como sendo natural, imutável e universal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rayane Dayse da Silva Oliveira
Mestranda em Ciências Sociais pelo PPGCS na Universidade Federal do Rio Grande do Norte 
Erika Oliveira Maia Batalha
Mestranda em Ciências Sociais pelo PPGCS na Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Publicado
21-09-2017
Como Citar
DA SILVA OLIVEIRA, R.; MAIA BATALHA, E. O MITO DA "IDEOLOGIA DE GÊNERO" NAS ESCOLAS: UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA TENTATIVA CONSERVADORA DE SILENCIAR O PENSAMENTO CRÍTICO. Revista Inter-Legere, v. 1, n. 20, p. 44-59, 21 set. 2017.
Seção
DOSSIÊ ENSINO DE CIÊNCIAS SOCIAIS: RUPTURAS, RESISTÊNCIAS E DESAFIOS