Análise do consumo dos turistas otaku a partir da teoria da hipermodernidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2023v11n3ID31604

Palavras-chave:

Turismo Otaku, Consumo, Hipermodernidade

Resumo

O turismo otaku, uma vertente pouco explorada do mercado turístico nacional, engloba jovens consumidores ávidos das mídias do pop japonês, como animações (animês), histórias em quadrinhos (mangás) e cosplays. Esses entusiastas se dedicam intensamente a esses produtos, a ponto de embarcarem em viagens nacionais e internacionais em busca de aprimorar suas experiências de consumo. Desse modo, objetivamos refletir acerca do consumo do turista otaku no contexto da teoria da hipermodernidade. Em termos metodológicos, este artigo caracteriza-se como qualitativo, feito por meio de revisão bibliográfica e entrevistas semiestruturadas em formato on-line, aplicadas em 2021, com nove pessoas que já realizaram turismo focado na cultura pop japonesa. A pesquisa destaca aspectos emocionais e subjetivos do consumo realizado por esses turistas, sendo o hedonismo, a juvenilização e o ludismo axiomas importantes presentes na relação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dionisio de Almeida Brazo, Universidade Federal Fluminense

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM/UFF), Niterói/RJ, Brasil. Mestre no Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades da Universidade Federal Fluminense (PPCult/UFF) com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Programa (CAPES). Bacharel em Turismo (2017) pela mesma instituição. Atuou como bolsista do Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Institucional (PIDI) alocado no Núcleo de Estudos de Público e Avaliação em Museus (Nepam) do Museu da Vida, Fundação Oswaldo Cruz (MV/COC/Fiocruz) (2019 - 2020). Pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Turismo e Museus (Epistemus/UFF) ligado ao Grupo de Pesquisa Turismo, Cultura e Sociedade (T-Cult) e do Grupo de Pesquisa Turismo: Audiovisual e Educação Turística na linha de pesquisa Audiovisual e Turismo (Cinetur), ambos certificado no Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil - CNPq . Integra a Red Iberoamericana de Investigadores en Anime y Manga (RIIAM), rede projetada com o objetivo de formar um núcleo de pesquisadores em animê e mangá, assim como difundir suas pesquisas. Dedica-se a pesquisas nos temas de: Turismo Otaku; Museus; Hospitalidade.

 

Downloads

Publicado

04-09-2023

Como Citar

BRAZO, D. de A. Análise do consumo dos turistas otaku a partir da teoria da hipermodernidade. Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 11, n. 3, p. 485–505, 2023. DOI: 10.21680/2357-8211.2023v11n3ID31604. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/31604. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos