UMA UMA LEITURA FLECKIANA DO PANORAMA DAS PESQUISAS SOBRE ENSINO DE ASTROBIOLOGIA EM EVENTOS DA ÁREA DE ENSINO DE CIÊNCIAS

Autores

  • Wellington Pereira de Queirós UFMS
  • Ivone Delmiro da Silva
  • Hamilton Perez Soares Corrêa
  • Thiago de Oliveira Borges

DOI:

https://doi.org/10.21680/1984-3879.2024v24n1ID31865

Palavras-chave:

Ensino de Ciências; Astrobiologia; Epistemologia de Ludwik Fleck.

Resumo

A Astrobiologia é um campo científico recente cujo objetivo é estabelecer as condições de possibilidade e emergência de vida no Universo. Por ter um caráter intrinsecamente interdisciplinar, hibridizando saberes da física, da química, da biologia, da astronomia, das ciências atmosféricas e da terra, e levantar questões filosóficas profundas, a astrobiologia tem um grande potencial para o ensino de ciências, pois oportuniza abordagens inter- e transdisciplinares. Por essa razão, nessa pesquisa procuramos estabelecer como a astrobiologia vem sendo abordado dentro do ensino de ciências, a partir da seguinte questão de pesquisa: Quais os coletivos e sinais de estilo de pensamento evidenciados nos artigos publicados em Eventos da área de Ensino sobre Educação em Astrobiologia? Nosso objetivo foi apresentar um levantamento bibliográfico de artigos publicados em Eventos da área de Ensino sobre Educação em Astrobiologia, analisando-os à luz da epistemologia de Ludwik Fleck. Os 11 trabalhos selecionados e analisados tiveram foco no Ensino-Aprendizagem. Além de usarmos as categorias fleckianas conexões ativas e passivas, conseguimos nomear os coletivos de pensamento interpretar e classificar os estilos de pensamento por meio da identificação do último nível de formação dos autores, dos referenciais teóricos, metodologias de pesquisa e estratégias de ensino utilizadas nos estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2019.

CHEFER, C.; OLIVEIRA, A. L. Astrobiologia: concepções de licenciandos do curso de Ciências Biológicas, a identificação de conceitos no currículo do curso e em livros didáticos de Ciências. Interfaces da Educação, v. 9, n. 25, 2018;

CONDÉ, M. L. L. Um livro e seus prefácios: de pé de página a novo clássico. In: FLECK, L. Gênese e desenvolvimento de um fato científico. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.

COSTA, Felipe Sérvulo Maciel. Uma jornada pela vida no cosmos: relato de experiência de ensino de astrobiologia na escola. Cadernos de Astronomia, v. 2, n. 2, p. 142-152, 2021.

DELIZOICOV, D et al. Sociogênese do conhecimento e pesquisa em ensino: contribuições a partir do referencial fleckiano. Cad. Bras. Ens. Fís., v. 19, n. especial: p. 52-69, jun. 2002.

FLECK, L. Gênese e desenvolvimento de um fato científico. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.

GALANTE, D, et al. Astrobiologia: uma ciência emergente. São Paulo: Tikinet Edição: IAG/USP, 2016.

KIMURA, R. K. et al. Planetas Fictícios: Literatura, Astrobiologia e Interdisciplinaridade. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação de Ciências, Águas de Lindóia/SP. Atas do X ENPEC. Rio de Janeiro: ABRAPEC, 2015.

MONTEIRO, I. M.; FONSECA, L. C. S. Astrobiologia: concepções de alunos do Ensino Fundamental sobre a vida no universo. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), v. 7, p. 2889-2901, 2014.

PEIXOTO, D. E.; KLEINKE, M. U. A Astrobiologia como alternativa interdisciplinar para o ensino de Astronomia. Atas do V Simpósio Nacional de Educação em Astronomia/V SNEA, Londrina, PR, 2018.

RODRIGUES, F.; GALANTE, D.; AVELLAR, M. G. B. Astrobiologia: Estudando a vida no Universo. In: GALANTE, D. (org.). Astrobiologia: uma ciência emergente. São Paulo: Tikinet Edição, IAG/USP, 2016.

ROSA, P. R. S. Uma Introdução à Pesquisa Qualitativa em Ensino. Campo Grande: Editora UFMS, 2015

ROSA, C. A.; Emilio, M. Astrobiologia: conhecimentos, atitudes e imagens. Atas do V Simpósio Nacional de Educação em Astronomia/V SNEA, Londrina, PR, 2018.

SAKS, F. C. Busca Booleana: teoria e prática. Curitiba: UFPR, 2015.

SILVA, L. M. A. et al. Astrobiologia no ensino de ciências: Uma abordagem interdisciplinar e transdisciplinar para professores do ensino fundamental. Atas do IV Simpósio Nacional de Educação em Astronomia/IV SNEA, Goiânia, GO, 2016.

SILVA, B. V; PIRES, M. O. C. Proposta de ensino da física na Astrobiologia para alunos do Ensino Médio. Atas do XXIII Simpósio Nacional de Ensino de Física – SNEF, 2019.

SOUZA, R. CYPRIANO, E. F. Desenvolvimento de um MOOC em Astrobiologia: Uma abordagem às origens da vida. Atas do IV Simpósio Nacional de Educação em Astronomia/IV SNEA, Goiânia, GO, 2016.

SOUZA, Y. L. B.; SILVA, J. A.; DUTRA, L. B. O corpo humano no espaço: Analisando sistemas do corpo humano no contexto da Astrobiologia e do STEAM. Atas do VII Encontro Nacional de Ensino de Biologia (ENEBIO), 2018.

THIESEN, J. S. A interdisciplinaridade como um movimento articulador no processo ensino-aprendizagem. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 13, n. 39, dec. 2008

VIEIRA, M. B. F. et al. Astrobiologia como meio para o ensino de Física: Explorando a Física relacionada a organismos extremófilos. Atas do XX Simpósio Nacional de Ensino de Física – SNEF. São Paulo, SP, 2013.

Downloads

Publicado

16-02-2024

Como Citar

PEREIRA DE QUEIRÓS, W.; DELMIRO DA SILVA, I. .; PEREZ SOARES CORRÊA, H. .; DE OLIVEIRA BORGES, T. . UMA UMA LEITURA FLECKIANA DO PANORAMA DAS PESQUISAS SOBRE ENSINO DE ASTROBIOLOGIA EM EVENTOS DA ÁREA DE ENSINO DE CIÊNCIAS. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], v. 24, n. 1, p. EE01, 2024. DOI: 10.21680/1984-3879.2024v24n1ID31865. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/31865. Acesso em: 22 abr. 2024.