Um colaborador à consolidação do movimento de Natal

o papel socioeducativo de Dom Antônio Soares Costa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1984-3879.2022v22n1ID30646

Palavras-chave:

História da Educação. Movimento de Natal. Dom Antônio Soares Costa. Ensino de Filosofia.

Resumo

Esse artigo busca analisar as aproximações socioeducativas do Movimento de Natal - da fundação à consolidação com uma insitutição de ensino criada com objetivos semelhantes em sua gênese. Propõe o resgate de vestígios que permitam reescrever no desenvolvimento dessa prática educativa o posicionamento estrátegico de um colaborador até a pouco esquecido, o Bispo Diocesano Dom Antônio Soares Costa, removido da Arquidiocese do Rio Grande do Norte (1993) para a Diocese de Caruaru, em Pernambuco, onde materializou uma pedagogia politizadora, que defendemos ser transportada da educação de base e das suas vivências socioeducativas em Natal-RN. Segundo educadores do campo da História da Educação, como FERRARI (1968), CAMARGO (1971), WANDERLEY (1984) e PAIVA (2014), a Igreja Católica no Brasil ocupou um papel importatíssimo no desenvolvimento educacional, sendo pioneira no conjunto das realizações pastorais e sociais. Na Arquidiocese de Natal essas iniciativas acabaram reverberando na consubstanciação de aspectos educacionais que foram materializados extensivamente na criação do Instituto de Teologia e Filosofia de Caruaru – ITEC. Os contornos metodológicos advindos das práticas pedagógicas das bases e o compromisso político conscientizador voltado para os empobrecidos, acabaram promovendo nesse espaço educativo uma constante necessidade de análise revisão da realidade, tendo como desdobramento hermenêutico a Filosofia por meio do seu Ensino, também pioneiro no agreste de Pernambuco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Ribeiro da Silva, UFRN- Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN - PPGed - ( 2021). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN- PPGed - (2019). Possui pós graduação em Ética e Filosofia Política pela Unyleya (2017). Licenciatura em Filosofia pela FAFIC - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras - PB (2015). Lecionou no ITEC - Instituto de Teologia de Caruaru (2007 - 2008) e na FAFICA - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (2013-2015). Como liderança religiosa atuou na região do sertão de Itaparica como Educador Popular Foi diretor financeiro da FAFICA - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (2015-2018). Tem interesse nas áreas de Fundamentos da Educação, História da Educação, Ensino da Filosofia, Filosofia da Educação, Filosofia Social e Política e História da Filosofia.

Referências

AMMANN. Safira Bezerra/ Marcos José de Castro Guerra. Otto Euphrásio de Santana. (Organizadores) Dom Eugênio Sales em Natal: fé e política. – Natal, RN: EDUFRN, 2015.

CAMARGO, Cândido Procópio Ferreira de. Igreja e desenvolvimento. São Paulo: CEBRAP; Brasileira de Ciências, 1971.

CARVALHO, Maria Araújo Duarte de... [et al.]; PAIVA, Marlúcia Menezes de. (Org.). Escolas Radiofônicas de Natal: uma história construída por muitos (1956-1966). – Brasília: Líber Livro Editora, 2009.

CNBB, CONFERÊNCIA DOS BISPOS DO BRASIL. Educação, Igreja e Sociedade. São Paulo – SP, Paulinas – 1992.

CNBB, CONFERÊNCIA DOS BISPOS DO BRASIL. Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil. 1995 – 1998. São Paulo – SP, Paulinas – 1995.

CLOIN, Padre Tiago CssR. Uma Evangelização em Extensão e Profundidade – O Movimento de Natal – In Revista da Conferência dos Religiosos Brasileiros. Ano VIII, Nº 85, julho de 1962.

COSTA, Antonio Soares. In: Igreja Hoje. Órgão informativo da Diocese de Caruaru – dezembro de 1994 – Ano 01 – Nº 05.

CHARLES, Hélio. O Instituto de Filosofia e Teologia de Caruaru – ITEC. Documentário -DVD- (Direção de Hélio Charles).01/02/2002.

FAVERO, O. Uma pedagogia da participação popular: análise da prática educativa do MEB – Movimento de Educação de base 1961 – 1966. Campinas: Autores Associados, 1994.

FERRARI, Alceu. Igreja e desenvolvimento: o movimento de Natal. Natal: fundação José Augusto,1968.

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas / EAESP / FGV, São Paulo, Brasil. v. 35, n.3, p, 20-29 Mai./Jun. 1995.

IGREJA HOJE, Informativo da Diocese de Caruaru. Dezembro – 1994 – Ano 01 – nº 05.

LIMA, Danilo. Educação, Igreja e Ideologia: uma análise sociológica da elaboração da Lei de Diretrizes e Bases. Rio de Janeiro, F. Alves, 1978.

MAGALHÃES, Justino Pereira de. Tecendo Nexos: história das instituições educativas. Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2004.

MAINWARING, Scott. A Igreja Católica e a Política no Brasil (1016-1985). Editora brasiliense, São Paulo – SP,1989.

MEDEIROS, Cônego José Mário de. SANTANA, Otto Euphrásio de. Dom Costa. – Natal: 8 Editora, 2018.

MOURA, Laércio Dias de. A educação Católica no Brasil. Edições Loyola, São Paulo – SP, 2000.

PAIVA, Marlúcia Menezes de. Igreja e renovação: Educação e sindicalismo no Rio Grande do Norte (1945-1965). Natal, RN: EDUFRN, 2014.

_________________________. (Org). Escolas Radiofônicas de Natal: Uma história construída por muitos (1958-1966). – Brasília: Liber Livro Editora, 2009.

PUEBLA, Conclusões da Conferência de. Evangelização no presente e no futuro da América Latina. São Paulo, SP: Edições Paulinas, 1979.

OLIVEIRA, Pedro A. Ribeiro de. Religião e Dominação de Classe: gênese, estrutura e função do catolicismo romanizado no Brasil. Petrópolis, RJ: Vozes, 1985.

SILVA, Alexandre Magno Tavares da. Apresentação. In: Caderno de Filosofia, Teologia e Pastoral. A vida se Pergunta no Agreste. Caruaru, ITEC, Ano I, nº 0, agosto de 2003.

SILVA, José Mauricio Soares da. Um Olhar Hermenêutico da Pastoral de Conjunto. In: Caderno de Filosofia, Teologia e Pastoral. Caruaru, 2003.

_______________________ . COSTA, Evandro da Fonseca. Grupos de estudo: a ousadia da construção coletiva do conhecimento. In: Interface de Saberes. Revista da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru. João Pessoa: Idéias, 2002. (v.1, n1, jul/dez.) – Recife: Líber,200 – v.3, n.1, jan./jun.2002. ISSN 1518-5893.

SILVA, Roberto Ribeiro da. A filosofia negada no ensino médio brasileiro: as implicações da Lei nº 13.415/17 às futuras gerações / Roberto Ribeiro da Silva. - Natal, 2019. 122 f.: il.

_______________________. Dom Costa e a experiência socioeducativa na criação do ITEC (1995-2002): o pioneirismo no ensino de Filosofia. 2021. 199f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2021.

WANDERLEY, Luis Eduardo W. Educar para transformar: educação popular, Igreja Católica e política no Movimento de Educação de Base. Petrópolis: Vozes, 1984.

Downloads

Publicado

06-02-2023

Como Citar

RIBEIRO DA SILVA, R. . Um colaborador à consolidação do movimento de Natal: o papel socioeducativo de Dom Antônio Soares Costa. Saberes: Revista interdisciplinar de Filosofia e Educação, [S. l.], v. 22, n. 1, p. 160–174, 2023. DOI: 10.21680/1984-3879.2022v22n1ID30646. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/30646. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos (interdisciplinar)